Diferencial de marca: o que é?


Se você acha que diferencial de marca é algum desses quatro itens - qualidade, variedade, preço e tecnologia, você precisa ler esse artigo até o final.


Marcas que baseiam seus diferenciais em algum desses aspectos não conseguem sustentar uma diferenciação verdadeira, afinal sempre pode existir uma empresa com o preço mais baixo que o seu, não é mesmo?


Nesse artigo vamos discorrer sobre o que é diferencial de marca, o que não pode ser considerado como um e quais são os critérios que os clientes utilizam para escolher uma marca e não a outra.


O que é diferencial de marca?


Basicamente, diferencial de marca é tudo aquilo que outras empresas do mesmo nicho, ou não, não conseguem copiar da sua empresa. Sua história, o seu legado e a sua reputação.


Essas são características únicas, intransferíveis e que não podem ser plagiadas do seu negócio. Todas as outras podem e, inclusive, superadas.


O que não é considerado como diferencial de marca?


Provavelmente você já viu alguma marca tentando se destacar das concorrentes utilizando um desses atributos abaixo. Porém, nenhum deles pode ser considerado como diferencial.


Qualidade


Sim, existem algumas empresas que possuem um produto/serviço melhor em qualidade do que as demais, porém todos os negócios, independente do seu mercado de atuação, podem ter acesso as mesmas informações, conhecimentos, fornecedores e referências.


Sendo assim, não podemos dizer que “qualidade” é um diferencial. Pois hoje sua marca pode estar a frente em qualidade devido a matéria prima, por exemplo, mas amanhã uma outra marca consegue encontrar o mesmo fornecedor que você utiliza e esse não será mais um ponto que te destaca.


Tecnologia


Essa é um outro aspecto que facilmente pode ser copiado. A tecnologia está à disposição de todos por um valor, sendo assim, não pode ser considerada como exclusividade de uma marca.


Se uma marca baseia toda a sua estratégia em um software, um hardware ou em um equipamento tecnológico utilizado para o desenvolvimento de um produto, agilidade em atendimento ou logística de entrega, poderá ver rapidamente outras empresas efetuando as mesmas ações.


Preço


Sempre haverá alguém que conseguirá cobrir o preço que você aplica no mercado. Seja por esquema de negociação e bonificação em alta demanda ou seja por redução da margem de lucro.


Portanto, não classifique a sua marca como diferente das demais porque ela oferece uma solução mais barata, isso pode se desconstruir de forma muito ágil.


Variedade


A variedade também não é considerada como um diferencial de marca porque pode ser facilmente copiada ou superada por outra marca.


Além do mais, quanto maior for sua gama de produtos/serviços, mais complexa e custosa fica a sua operação, então não podemos considerar “variedade” como um diferencial de marca.


Quais são os critérios de escolha do consumidor?


Há alguns critérios de escolha nas áreas de conforto psicológico de cada indivíduo que podemos destacar na hora de definir consumir de uma marca.


Pelo reconhecimento


O primeiro deles é o reconhecimento, há pessoas que preferem comprar de marcas que elas já conhecem, já ouviram falar e/ou foram indicadas por pessoas de confiança.


Pelo preço


Quando não se conhece em detalhes as diferenças entre as marcas ou sequer sabe-se sobre quais empresas fazem a comercialização de uma determinada solução, o consumidor pode escolher pelo preço e tende a dar prioridade para a mais barata.


Encontrar o diferencial de marca pode parecer assustador quando não se pode considerar qualidade, tecnologia, preço e variedade, mas convidamos você para fazer o exercício de analisar o que a sua marca tem ou oferece que jamais poderá ser entregue por outra empresa.


Pode ser a história, a experiência, a reputação ou qualquer outra característica não passível de plágio. Em nossos Projetos de Criação de Marcas, o apontamento de diferencial de marca é uma das etapas nas quais trabalhamos, para conhecer como funciona essa criação, acesse esse artigo.