Para que serve uma marca?



Quando alguém pensa em vender um produto ou prestar um serviço, uma das primeiras preocupações é em relação a ter uma marca, certo? Porém, mais do que simplesmente ter, é preciso entender para que serve uma marca.


Além de designar um nome e um padrão visual, uma marca serve para proteger, diferenciar e facilitar o negócio para o qual ela está sendo desenvolvida.


Nesse artigo vamos falar das questões gerais para que serve uma marca, mas também sobre o olhar específico do consumidor e da empresa.


Antes de continuar a leitura, se quiser entender corretamente o que é marca, acesse esse link.

Para que serve uma marca?


Conforme dissemos acima, vamos começar com as questões gerais de para que serva uma marca. Basicamente, podemos apontar quatro funções essenciais:


  • identificar o produto ou serviço: a primeira função é gerar identificação rápida e fácil perante os concorrentes, isso é realizado por meio do nome, dos padrões visuais e verbais estabelecidos;

  • esclarecer a origem do produto ou serviço: a segunda função está relacionada a apresentar para o público a procedência do que está sendo ofertado, gerando assim uma relação de confiança;

  • garantir a qualidade: a terceira função é de apresentar a qualidade do produto ou serviço com a finalidade de gerar recorrência na aquisição;

  • e gerar publicidade criando vínculo: a última função é com o objetivo de tornar a marca pública por meio de publicização para que mais pessoas tomem conhecimento sobre ela.

Para que serve uma marca para a empresa?


Após entendermos as questões gerais de pra que serve uma marca, vejamos agora na visão da empresa o quanto essa construção é fundamental.


O primeiro ponto a ser abordado é o da proteção legal. Com uma marca o empresário tem assegurada a propriedade intelectual do seu negócio, essa proteção é regida pela Lei da Propriedade Industrial.


Lembrando que a marca é o bem mais valioso de uma empresa, por isso, quando ela é liquidada ou adquirida, as tratativas são realizadas em cima desse ativo e não de processos, produtos ou profissionais envolvidos.


Outro destaque é para a geração de valor perante o consumidor que uma marca pode proporcionar para um produto ou serviço. O valor que alguém institui para um bem é muito relativo e envolve questões emocionais, mas quando a marca é reconhecida, a valorização da oferta é muito mais simplificada.


Ter vantagem competitiva no mercado e se destacar dos concorrentes também é um ponto levado em consideração na visão da empresa ao instituir uma marca. Isso ocorre com a construção de reputação, que pode acontecer ao longo dos anos ou muito rapidamente dependendo do posicionamento de mercado e do trabalho desenvolvido.

Para que serve uma marca para o consumidor?


Visto os critérios para empresa, agora vamos abordar sobre a função da marca diante dos olhos dos consumidores.


Como cliente o desejo é consumir de marcas que transmitam a sensação de profissionalismo, confiança e cuidado, tornando a compra mais segura e confortável.


Isso pode acontecer primeiramente ao verificar um trabalho cuidadoso que preza por garantir uma boa experiência em todos os pontos de contato entre cliente e marca.


Além disso, todas as pessoas procuram praticidade, agilidade e minimização de erros, e tendem a consumir marcas que elas já tiveram contato e a experiência foi positiva.

Como sabemos, o consumo nem sempre é algo racional, por isso, pessoas se conectam com empresas por meio de elementos intangíveis sobre a sua personalidade e posicionamento. Quando a marca apresenta essas características, as conexões tendem a ser mais profundas e verdadeiras. Por último, para o indivíduo, uma marca serve para garantir a origem e a responsabilidade legal sobre o que ele está adquirindo, para que caso ocorra algo anormal, possa saber exatamente onde e como resolver o problema.


Ter uma marca não se trata apenas de um nome para chamar a empresa, mas sim de características que são fundamentais nas relações com o público consumidor. Se agora você entendeu definitivamente para que serve uma marca, não deixe de ler esse artigo que aborda os processos para a criação de uma marca.